Se perguntarmos para as pessoas se elas estão preocupadas com a qualidade da água que consomem, quase 100% delas dirão que “água é tudo igual”.
Porém sabemos que água não é tudo igual, na natureza, encontramos águas que variam de acordo com os elementos que as compõe, algumas são ideais para o consumo e outras são prejudiciais à saúde.
A água para o consumo humano deve ser potável destinada à ingestão, preparação e produção de alimentos e à higiene pessoal, independente de sua origem. A água potável deve atender ao padrão de potabilidade estabelecidos pela Portaria 2914 de Dezembro de 2011 do Ministério da Saúde, não devendo oferecer riscos à saúde.
Dentre os padrões de potabilidade existem parâmetros permitidos para qualidade dessa água, entre eles estão os parâmetros organolépticos, isto é, a água não deve ter cheiro, cor ou odor. Esta água deve ser tratada, sendo submetida a processos físicos, químicos ou combinados e que o valor do pH seja mantido na faixa de 6,0 a 9,5.
O pH ou o potencial hidrogeniônico é o símbolo que indica o grau de acidez ou de alcalinidade de uma substância. O valor do pH de uma solução pode ser estimado conhecendo-se a concentração em íons H+. Assim, a escala de medição varia de 0 a 14, tendo o “7” como o valor neutro, o “0” como acidez máxima e o “14” com alcalinidade máxima.
A escala do pH é logarítmica assim, cada posição é dez vezes maior que a anterior. Em outras palavras, um pH de 4.0 é 10 vezes mais ácido que 5.0, 100 vezes mais ácido que 6.0 e 1.000 vezes mais ácido que 7.0.
Para que possa neutralizar a acidez é necessário uma grande quantidade de elementos alcalinos. A combinação seria algo assim: para que possa mudar o pH de um galão de solução com um pH de 5.5 para 7, vai requerer mais de 20 galões de uma solução com um pH de 7.5.
Conforme vimos acima, a água na faixa de pH acima de 7 é considerada água alcalina, mais indicada para o consumo humano pois esta água tem ação de neutralizar a acidez corporal aumentando os níveis de energia e metabolismo, além de ajudar na absorção de nutrientes de forma mais eficaz e ajudar a prevenir os processos de envelhecimento.
Mas qual a quantidade ideal de ingestão para que eu possa sentir os benefícios da água alcalina? A quantidade de água presente no organismo depende da fase da vida e entre os gêneros, a recomendação diária segundo o Instituto de Medicina, publicado em 2004 sobre o consumo de água para adultos é de 3,7 litros para homens e 2,7 litros para mulheres, porém isso pode variar de acordo com a idade, sexo, atividade física, presença ou não de doença, umidade e temperatura do ambiente.
No geral, a indicação é consumir pelo menos 2 litros de água alcalina por dia aliada a uma alimentação saudável.


Lislaine Maciel
Nutricionista - CRN8-6038